15h10min.

DIÁRIO DO TEMPO DE SÁBADO, 10 DE JUNHO DE 2017

MENORES TEMPERATURAS
Rio Branco: 14,7ºC, às 6 horas.
Acre: 14,4ºC, em Brasileia e em Epitaciolândia.
Capitais: 3,0ºC, em Curitiba.
Brasil: -1,8ºC, em Morro da Igreja (Santa Catarina).

MAIORES TEMPERATURAS
Rio Branco: 17,6ºC, às 18 horas.
Acre: 26,2ºC, em Tarauacá.
Capitais: 36,9ºC, em Palmas.
Brasil: 38,1ºC, em Oeiras (Piauí).

PRINCIPAIS FENÔMENOS OCORRIDOS NO DIA
Neste sábado (10/6/2017), a penetração de ar frio polar e a umidade do ar que estava na região deixaram o tempo fechado com ventos intensos, o dia inteiro, em todo o Acre. Ocorreu novo recorde de frio de 2017 na capital acreana e em Brasileia e Epitaciolândia. Em Rio Branco, a variação de temperatura – diferença entre máxima e mínima – foi de apenas 2,9ºC, durante as 24 horas do dia. Rio Branco ficou situada entre as quatro capitas que tiveram a tarde mais fria do Brasil. sendo todas as quatro com registros entre 16ºC e 18ºC, no horário compreendido entre meio-dia e 6 horas da tarde.
Fortes rajadas de vento atingiram o leste e o sul do Acre, com registros de 38km/h, em Rio Branco, e 40km/h, no Parque Estadual do Chandless.
Choveu forte e intensamente no vale do Juruá, com registros de 49,2mm, em Porto Walter, e 21,6mm, em Cruzeiro do Sul. Choveu moderadamente em áreas do centro do estado, sendo que, em Santa Rosa do Purus, ocorreram 18,0mm.
A menor temperatura registrada, em Rio Branco, foi 14,7ºC, às 6 horas, e a maior, 17,6ºC, às 17 horas.
Os ventos sopraram da direção sudeste, com intensidade moderada e fortes rajadas.
A menor umidade do ar foi 64%, registrada em Brasileia e em Epitaciolândia.
A menor temperatura registrada no Acre, ocorreu em Rio Branco, com 14,4ºC, e a maior, em Tarauacá, com 26,2ºC.
A capital mais fria foi Curitiba, com 3,0ºC e a mais quente, Palmas, com 36,9ºC.
A menor temperatura, no Brasil, foi 1,8ºC, abaixo de zero, em Morro da Igreja (Santa Catarina), e a maior, 38,1ºC, em Oeiras (Piauí).

468 ad